Mensagem do maestro Leandro Carvalho sobre a Temporada 2012 da OEMT

Mais uma temporada de concertos realizada com sucesso. A oitava desde 2005! Antes de lançar a programação do próximo ano, é importante observar o trabalho desenvolvido e as metas atingidas em 2012. O término de uma temporada representa o fim de um ciclo anual, e a reunião de informações é fundamental tanto para a preservação da memória da Orquestra quanto para a difusão das ações executadas. O Governo do Estado de Mato Grosso vem mantendo o compromisso com a democratização do acesso à cultura, tendo a Orquestra como uma das frentes de ação. A este apoio, somou-se em 2012 de forma imprescindível, os patrocínios do Ministério da Cultura, do Instituto Votorantim, Votorantim Cimentos, Eletrobrás/Eletronorte, Bimetal, e o apoio do Hotel Amazon, Fisk Inglês e Espanhol, Soul Propaganda e Sistema Fecomércio/SESC/SENAC.

Em 2012, demos continuidade às nossas duas principais séries de concertos: Concertos Didáticos e Concertos Oficiais. De junho a agosto, a Orquestra de Mato Grosso realizou mais uma temporada de Concertos Didáticos, tendo como um dos objetivos a iniciação de adolescentes no universo da música de concerto. Sob a regência do Maestro Murilo Alves, os Didáticos foram até a zona rural de Cuiabá e Nobres, levando na bagagem a moderna “História do Soldado”, do compositor russo Igor Stravinsky. A série também atendeu escolas da capital, de Várzea Grande e Nobres. Realizou oficinas preparatórias para educadores, totalizando 31 intuições de ensino contempladas e quase sete mil pessoas diretamente atingidas, entre estudantes, professores e comunidades do entorno de cada escola. Foi (na verdade, vem sendo) uma missão muito desafiadora! Após tantos anos de desenvolvimento do núcleo de educação da OEMT, percebemos claramente que os resultados realmente transformadores vêm com tempo e persistência.

Na série de Concertos Oficiais, realizada no Cine Teatro Cuiabá, a Orquestra executou cinco novos programas e gravou mais um CD (seu nono álbum) dedicado a ‘música de fronteira’. Os repertórios, sinfônicos e camerísticos, valorizaram, na mesma proporção, obras eruditas e populares, e contaram com a valiosa contribuição de artistas convidados, de dentro e fora de Mato Grosso, como o Trio Pescuma, Henrique & Claudinho, o violeiro Roberto Corrêa, o violonista Nonato Luiz, o percussionista Alex Teixeira e o Grupo de Percussão do Departamento de Artes da Universidade Federal de Mato Grosso. As mais de cinco mil pessoas que lotaram o Cine Teatro Cuiabá em inúmeros concertos ao longo do ano se encantaram com a beleza e a qualidade artística da Orquestra.

É importante ressaltar também a enorme contribuição que a imprensa mato-grossense vem dando ao nosso trabalho. De forma ativa e inteligente, os jornalistas vêm explorando os temas abordados, com entrevistas aos artistas convidados e aos compositores homenageados. Sem dúvida, além de informar, é uma forma de enriquecer o cotidiano dos leitores e telespectadores. O resultado do conjunto de ações que constituíram a Temporada 2012 em breve estará reunido na publicação “Balanço de Atividades 2012”, para que todo cidadão possa conhecer cada movimento desse importante organismo cultural chamado Orquestra do Estado de Mato Grosso.

Obrigado a todos que ajudaram a construir mais um ano de conquistas, dentro e fora do palco.
Um abraço e até 2013.

Leandro Carvalho, regente principal e diretor artístico da OEMT.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: